Inflação implícita: entenda este conceito importante para os investimentos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Se você acompanha o mundo das finanças, já deve ter ouvido falar em inflação implícita. Mas sabe o que significa este importante conceito do mundo dos investimentos?

Pois vamos explicar agora. Em primeiro lugar, nós temos a inflação oficial do país, aquela que é calculada pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) e divulgada mensalmente pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Mas além dessa inflação que nós ficamos conhecendo todos os meses, existe a inflação implícita, que também é bastante utilizada no mercado financeiro.

A inflação implícita é uma projeção da inflação para os próximos anos, mas com a diferença que ela não é feita com base nas perspectivas de economistas ou analistas do mercado financeiro. “Ela é extraída a partir dos títulos públicos que são negociados no país”, explica explica o analista Renan Zanella, da Convex Research.

Para fazer o cálculo é preciso diminuir do retorno dos títulos prefixados o rendimento real (acima da inflação) dos títulos públicos atrelados ao IPCA (as NTN-Bs, também conhecidas como Tesouro IPCA+). Lembrando que é necessário utilizar sempre títulos com o mesmo vencimento.

Para exemplificar, vamos fazer a conta com base no rendimento dos títulos públicos negociados pelo programa Tesouro Direto. O retorno fica disponível no próprio site:

Tesouro Prefixado 2026: rendimento de 11,22%

Tesouro IPCA+ 2026: rendimento de IPCA+5,31%

A conta é feita da seguinte maneira:

(1 + 0,1122) / (1+ 0,531)

Se quiser fazer de forma aproximada, mas não tão exata, basta fazer a subtração:

11,22% – 5,31%

Você também pode acessar toda a curva de inflação implícita pelo site da Anbima. “Assim você consegue descobrir o que o mercado está projetando de inflação para os próximos anos”, diz Zanella.

Diferença da inflação implícita para o Boletim Focus

Mas qual é a diferença entre as perspectivas que são divulgadas semanalmente pelo Boletim Focus e a inflação implícita? No caso do Focus, os números são baseados em perspectivas de analistas do mercado financeiro, que avaliam o cenário macroeconômico para fazer as suas projeções.

“Já a inflação implícita mostra o que os participantes do mercado, aqueles que realmente colocam dinheiro nas operações, pensam o que vai acontecer nos próximos anos”, explica Zanella.

Além disso, o Focus mostra apenas a inflação esperada para o ano corrente e o seguinte, enquanto a inflação implícita pode ser calculada para vários anos posteriores, sempre com base no rendimento dos títulos públicos.

Inflação implícita: como obter retornos acima do mercado

O analista da Convex ainda dá uma dica para obter retornos acima do mercado.  Para isso, você deve entrar no site da Anbima e verificar qual é a inflação implícita para determinado vencimento.

Vamos imaginar que a inflação projetada para 2026 esteja em 6%. “Se você achar que a inflação será maior, então deve comprar título atrelado à inflação. Já se na sua projeção a inflação será menor do que estes 6%, deve comprar o título prefixado”, explica.

Quer preservar seu capital e obter retornos acima da inflação?

Em fevereiro, a Convex abre as suas assinaturas anuais para novos assinantes. Faça parte da comunidade de investimentos mais bem preparados do país! 

Garanta sua vaga, inscreva-se na lista de espera e receba seu no e-mail: http://assinaturas.convexresearch.com.br

Receba nossa

Newsletter

Novidades e informações importantes sobre a Convex

Relacionados

Preserve o Seu Patrimônio

Seja um Assinante Convex

Entre em contato para saber mais sobre nossas soluções e ferramentas para que você se torne um investidor global.