insights

REITs: motivos para investir nos fundos imobili√°rios norte-americanos

09.Setembro.2021

Os REITs (Real Estate Investment Trust) são fundos imobiliários norte-americanos e possuem um mercado muito consolidado. Eles foram criados na década de 1960 e são semelhantes a empresas de capital aberto, cujos ativos são imóveis ou papéis atrelados ao mercado imobiliário, como as hipotecas - tipo de financiamento muito comum nos estados Unidos.

De acordo com informações da Nareit, associação que une os principais REITs negociados nos Estados Unidos, aproximadamente 145 milhões de norte-americanos investem em REITs diretamente ou por meio de ETFs (Exchange Traded Fund).

Mas não são apenas os norte-americanos que podem investir nestes ativos. Pessoas do mundo todo, inclusive os brasileiros, têm acesso aos REITs - basta abrirem conta em uma corretora local e começar a negociar.

Se você está pensando em montar uma carteira de REITs, saiba que existem ótimos motivos para isso. Veja alguns:

Exposição ao dólar

Ao investir em REITs você está expondo seu patrimônio à variação do dólar. Afinal de contas, esses ativos são negociados nos EUA e você vai precisar ter conta em uma corretora norte-americana para poder comprar e vender os REITs.

Como já falamos outras vezes, ter ao menos uma parte do patrimônio dolarizado é fundamental para qualquer investidor brasileiro.

Lembre-se de que o real é uma moeda que perde muito valor ao longo do tempo e ter o patrimônio dolarizado vai ajudá-lo a preservar seu capital e se manter investidor por toda a vida.

Exposição a ativos imobiliários de alta qualidade

Uma das grandes vantagens dos REITs é permitir que investidores pessoa física invistam em grandes carteiras imobiliárias, com ativos de alta qualidade e que distribuem renda periódica.

Para você ter ideia da abrangência, os REITs investem na maioria dos tipos de propriedades imobiliárias. Isso inclui escritórios comerciais, prédios de apartamentos residenciais, depósitos, centros de logística, instalações médicas, centros de dados,  hotéis e até torres de celular.

“A maioria dos REITs se concentra em um tipo específico de imóveis, mas alguns possuem vários tipos de propriedades em seus portfólios”, explica a Nareit.

Alta liquidez

Os fundos imobiliários possuem uma grande liquidez na Bolsa dos EUA e o volume de negociação ultrapassa os US$ 12 bilhões em um único dia.

Como base de comparação, o volume médio negociado no Ifix (índice de fundos imobiliários brasileiro) é de R$ 260 milhões.

Retorno de longo prazo

O retorno consistente de longo prazo também é visto como um atrativo dos REITs. “O histórico de dividendos ‚Äč‚Äč dos REITs, combinado com a valorização dos imóveis no longo prazo, proporcionou aos investidores nos últimos 45 anos um desempenho melhor do que o mercado de ações”, aponta a Nareit.

Facilidade de negociação

O investimento em ativos nos Estados Unidos, considerado o maior mercado financeiro mundial, vem se popularizando no Brasil e a entrada de novos players simplificou o acesso dos investidores brasileiros. 

Atualmente, existem corretoras que possibilitam investir no mercado norte-americano de maneira descomplicada e rápida, com envio de documentos virtualmente. 

Banner Insights

Convex

Receba nossa Newsletter

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.
Ver Política de Privacidade