Gerenciamento de riscos é fundamental para o investidor de sucesso

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

No universo dos investimentos, ter um bom gerenciamento de riscos faz toda diferença e costuma definir quem conseguirá se manter investidor por muito tempo. A verdade é que pessoas que não se preocupam com os riscos das suas aplicações financeiras mais cedo ou mais tarde acabam “quebrando”.

“É necessário tomar cuidados para você não perder tudo. Se isso acontecer, voltar [ao nível anterior] é realmente um desafio. Muitas vezes o investidor não consegue se recuperar caso não tenha feito esse gerenciamento de riscos”, alertou Thata Saeter, diretora de operações da Convex Research, durante live com a participação de Tato Barros, sócio do TC e trader profissional há mais de 15 anos.

Para assistir à live completa, clique aqui

O bate-papo girou em torno das características e aspectos que fazem parte de uma boa estratégia de atuação no mercado financeiro, sempre levando em conta os riscos de cada exposição.

“O nosso cérebro, nosso comportamento natural é feito para perder dinheiro. As reações emocionais instintivas do ser-humano acabam fazendo com que as pessoas percam dinheiro no mercado”, destacou Barros. Ele lembrou que, principalmente para o perfil de um investidor mais especulador, que atua aproveitando oportunidades de curto prazo – que é o caso do traders – a consideração do risco é essencial para se obter um bom desempenho.

Para ele, duas características são essenciais para qualquer investidor: humildade para reconhecer os próprios erros (o que é muito difícil para a maioria dos investidores) e disciplina para conseguir seguir a estratégia da operação. “Um trade bom é o que eu operei bem [seguindo a estratégia que foi definida antes]. Um trade ruim é quando eu fujo da minha estratégia e da minha disciplina, mesmo ganhando dinheiro”.

Ao lado destas duas características, há também a necessidade de ter paciência, apostar em agressividade nos momentos adequados e ter um gerenciamento adequado para que os prejuízos sempre sejam pequenos e limitados.

Segundo o trader, se conhecer e entender qual é o seu próprio perfil de investidor também é uma prática importante para um investidor de sucesso.  A partir do momento em que entende claramente qual é o seu perfil, torna-se confortável lidar com certas doses de prejuízo – que já foram premeditados e são totalmente calculados.

“Quando não se conhecem, as pessoas invariavelmente vão fazer operações erradas desde o começo”, disse Barros.

Especialmente para exposições em mercados de criptomoedas, que é a classe de ativos mais volátil do planeta, o gerenciamento de riscos se torna ainda mais importante.

Por isso, é necessário levar em conta um percentual da carteira adequado para esse tipo de exposição. Se investir um percentual muito alto do seu patrimônio em criptoativos, a chance do investidor ter fortes solavancos na rentabilidade e prejuízos elevados é bem alta – principalmente no curto e médio prazo.

Por fim, além de se conhecer bem, o investidor deve ter uma compreensão clara e detalhada da sua atuação no mercado, sabendo os “porquês” de cada decisão e quais as suas respectivas consequências.

Desta forma, suas aplicações farão sentido e ele conseguirá ter um retorno mais previsível e consistente na sua carteira de ativos.

Receba nossa

Newsletter

Novidades e informações importantes sobre a Convex

Relacionados

Preserve o Seu Patrimônio

Seja um Assinante Convex

Entre em contato para saber mais sobre nossas soluções e ferramentas para que você se torne um investidor global.