Pesquisar
Close this search box.

EUA: Motores de crescimento de longo prazo estão falhando

Alguns importantes motores de crescimento dos Estados Unidos mostram sinais claros de desaceleração, mas não costumam aparecer nas manchetes dos jornais.

Um deles é o Capex Intentions, indicador que mostra as intenções de investimento das empresas. O índice atingiu seu menor nível desde o começo de 2020, no início da pandemia de Covid-19.

Um outro motor de crescimento foi abalado: a taxa de crescimento da produtividade do trabalhador norte americano. A taxa atual é a menor desde a última onda de estagflação, nas décadas de 1970/1980.

Quando olhamos estes motores e também deixamos de olhar no retrovisor para os indicadores atrasados, observando os resultados de indicadores antecedentes e de alta frequência, o cenário de desaceleração e recessão nos EUA vai se mostrando mais claramente.

S&P 500 mantém alta no ano, mesmo com desaceleração econômica

Mesmo com a desaceleração da economia norte-americana e os indícios de uma recessão econômica, o S&P500, principal índice de ações dos EUA, segue em alta no acumulado do ano.

Entre janeiro e novembro, o índice subiu quase 20%. Mas o que explica este desempenho?

Um dos modelos usados para entender o nível de preços do S&P500, chamado “ Decomposição de Fatores”, indica que o fator sentimento tem o maior peso na precificação atual do índice.

De acordo com Richard Rytenband, analista-chefe da Convex Research, o peso do fator sentimento em relação aos demais foi visto apenas no crash de 2020, no início da pandemia.

A diferença é que naquele momento o sentimento exagerado era de pessimismo e pânico, enquanto agora o sentimento é de otimismo e euforia,

Além disso, o modelo aponta um alto peso do fator relacionado à demanda econômica – mesmo em um cenário de desaceleração da economia dos EUA.

Isso mostra a vulnerabilidade da precificação atual do principal índice acionário dos Estados Unidos e indica cautela para os investidores em relação a esta classe de ativos.

Alta seletividade

Um outro ponto importante que devemos notar é a alta seletividade do S&P500. Isso quer dizer que a alta do índice é muito concentrada em poucas empresas que possuem um peso grande na sua composição.

De acordo com Rytenband, se considerarmos as 7 empresas com maior peso no S&P500, esta é a maior seletividade das últimas décadas – maior inclusive do que aquela que foi vista no início dos anos 2000.

Receba nossa

Newsletter

Novidades e informações importantes sobre a Convex

Relacionados

Preserve o Seu Patrimônio

Seja um Assinante Convex

plugins premium WordPress

Entre em contato para saber mais sobre nossas soluções e ferramentas para que você se torne um investidor global.