Mercados dão sinais de alerta: veja dicas para evitar sustos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O mês de fevereiro segue com muitos sinais de alertas nos mercados globais. Um dos principais pontos pode ser verificado nos mercados de títulos de dívida (bonds), tanto corporativos quanto soberanos (títulos emitidos por países).

Nos EUA, a volatilidade destes papéis continua elevada, mostrando uma grande sensibilidade às prováveis variações na taxa de juros esperadas pelo mercado. Até mesmo no Japão os títulos de 10 anos apresentam uma grande volatilidade recente, ligando sinais de alerta para os investidores.

Mas o que fazer em situações como estas e o que esperar daqui para frente?

É importante lembrar de alguns preceitos básicos do investidor antes de tomar decisões baseadas por impulso, negligenciando os riscos.

Não se esqueça: para ter sucesso nos investimentos, é fundamental se manter “no jogo” a vida toda. Se as assimetrias de risco forem muito altas, você corre grandes chances de perder muito dinheiro – ou até mesmo todo seu capital -, o que trará danos permanentes para suas finanças e sua vida pessoal.

Não se deixe levar pelas narrativas e pelas “falsas promessas”. Lembre-se de que no mercado existem muitos “falsos gurus”, que costumam encorajar investidores sem se preocuparem com seu destino final.

Tenha muito cuidado com os preços no curto/curtíssimo prazo. Muitas vezes, ao olhar a cotação de um ativo no intraday (ou outro prazo muito curto) o investidor acaba se impressionando com a alta recente, mas se esquece de observar sinais sólidos em relação ao papel e a sua tendência de longo prazo.

Essa é uma armadilha comum e costuma fazer com que muitos percam dinheiro, principalmente em mercados mais voláteis, como de criptomoedas ou derivativos.

Tenha humildade perante a incerteza. Quando o mercado emite sinais de alerta, devemos nos manter ainda mais focados na preservação do capital, evitando fazer movimentos baseados em “achismos” ou em “torcida”. Não tente prever nada e tenha muita atenção com os ruídos de mercado, que atrapalham a tomada de decisão e costumam mascarar uma série de problemas iminentes.

 Mantenha sempre uma exposição convexa, onde as chances de ganhos são grandes e ilimitadas, enquanto a probabilidade de perdas é pequena e limitada. Tenha em mente que ao buscar ganhos rápidos e fáceis você irá se expor a riscos altíssimos e colocar seu capital em jogo, com grandes chances de perder tudo.

Quer investir de forma convexa, protegendo seu capital e acumulando ganhos ao longo do tempo?

Em fevereiro, a Convex abre as suas assinaturas anuais para novos membros.

Garanta sua vaga, inscreva-se na lista de espera e receba informações em primeira mão: http://assinaturas.convexresearch.com.br

Receba nossa

Newsletter

Novidades e informações importantes sobre a Convex

Relacionados

Preserve o Seu Patrimônio

Seja um Assinante Convex

Entre em contato para saber mais sobre nossas soluções e ferramentas para que você se torne um investidor global.